Transcrição de Poema

As pessoas passam mas as boas obras permanecem. A título de motivação, é oportuno transcrever aqui o poema da saudosa domadora Neusa Mesquita Lara, do livro “Poemas de Neusa”, edição do autor, 2012 pgs 22 e 23.

SOS Fraternidade

Se você quer ser Domadora
de verdade, sinta te perto
e viva, por um dia,
os problemas da comunidade.
Não fique inerte,
experimente o sol forte
e saia…
Deixe florir seu potencial de servir.
Distribua seu sorriso e suas aptidões.
Sua presença contínua, quem sabe,
talvez, num Clube de Mães.
Ou caminhe adiante,
promova os irmãos carentes e
necessitados…
Há tantas vilas, há tantos bairros,
procure aqueles mais relegados.
Você verá mansões e casas,
casinhas e casebres;
você verá quatro paredes, simplesmente…
E verá tudo, onde tudo é nada.
Verá criança com fome
da mãe solteira,
da mãe casada.
E há marido bêbado,
há criança aleijada
e há filho epiléptico
de pai desempregado.
Há esposa que chora
pelo marido que foi embora.
Há latas vazias, jogadas, amassadas.
Não chore, sorria ainda, porque
nesta cena patética, sofrida, há vida.
Há seres humanos que precisamos amar
plenamente, decididamente.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s